A crise de saúde pública COVID-19 tem vindo a alterar muitas partes da nossa rotina diária: deslocações ao escritório, reuniões presenciais, e o que significa ser um trabalhador na economia moderna. Com o “distanciamento social” agora como norma em muitos países, a transição dos empregadores para o teletrabalho tem sido uma das respostas do setor empresarial.

Neste contexto, vamos dar 6 dicas para não perder a produtividade em pleno estado de emergência!

Mas primeiro, já sabe o que é o teletrabalho?

De acordo com o artigo 165º do Código do Trabalho, considera-se teletrabalho a prestação laboral realizada com subordinação jurídica, habitualmente fora da empresa e através do recurso a tecnologias de informação e de comunicação. Ou seja, o exemplo mais comum é o do trabalhador que, em vez de exercer as suas funções nas instalações da empresa, fá-lo em casa, através do seu computador e telemóvel.

  1. Utilizar a ferramentas certa
    A ferramenta de trabalho certa facilita a organização de tarefas, a comunicação e a gestão de projetos. Além disso, permite à entidade patronal acompanhar as tarefas que cada colaborador está a executar. Mantenha a produtividade à distância!

  2. Trabalhar em equipa online
    Devido às novas tecnologias, é possível manter o trabalho em equipa, não perdendo a interação e entreajuda com o resto da equipa. Tire partido da tecnologia! Faça reuniões por videoconferência os seus colegas diariamente e mantenha um contacto próximo com os clientes. Assim, todos se irão sentir apoiados e motivados.

  3. Respeitar o horário de trabalho
    De forma a não perder a produtividade com o trabalho remoto, é necessário respeitar o horário de trabalho. É importante definir objetivos diários e evitar ao máximo quaisquer distrações, visto que é essencial manter os resultados da sua empresa nesta época de quarentena voluntária. O objetivo em mente deve ser conseguir focar-se numa tarefa de cada vez. Mantenha o foco!

  4. Escolher um local silencioso para trabalhar
    Se possível, escolha um local tranquilo da sua casa, com boa iluminação. O importante é ser um espaço neutro, que não precise de utilizar no dia a dia para outras tarefas. Verifique se, por exemplo, a sua mesa e cadeira de trabalho em casa são confortáveis. E, tente retirar desse espaço todo o tipo de distrações, como a televisão e o telemóvel.

  5. Estabelecer objetivos
    Definir objetivos diários é essencial para que se foque no seu trabalho. No entanto, procure que esses objetivos sejam realistas e de preferência anote-os num documento digital ou físico. Assim que os concluir, assinale-os.

  6. Trocar de roupa
    Coloque uma roupa diferente com a qual dormiu e faça o que faria nos dias em que vai trabalhar. Não precisa de escolher o seu melhor conjunto, o importante é mesmo evitar ficar de pijama. Assim, ajuda o cérebro a perceber que é hora de entrar em modo de trabalho.