Estamos a passar por momentos delicados, numa luta contra um inimigo invisível que se alastra pelos mais diversos países do mundo. Muitas empresas foram obrigadas a reestruturar-se na sequência do aumento de casos de infetados pela COVID-19, colocando os seus trabalhadores em regime de teletrabalho.
No entanto, neste tempo de incerteza é essencial manter a produtividade da sua equipa e evitar resultados devastadores para a sua empresa. Assim, neste artigo iremos dar 6 dicas para que a sua empresa gira eficazmente o teletrabalho e não perca a produtividade durante esta época.

  1. Facilitar uma reunião de protocolos de teletrabalho com a sua equipa
    Organize uma conversa para identificar as suas normas e protocolos organizacionais de teletrabalho e chegar a um consenso sobre o que significa especificamente o “teletrabalho” para a sua empresa.

  2. Construir um ambiente de confiança
    O teletrabalho é uma oportunidade para promover a confiança entre os colaboradores e a gestão. A supervisão rígida das atividades diárias dos colaboradores dificulta a produtividade e manifesta um ambiente de desconfiança. Por outro lado, as métricas estabelecidas e acordadas para a produtividade garantem o sucesso a longo prazo da equipa durante o trabalho remoto.

  3. Monitorizar o desempenho
    Nem sempre é fácil controlar o trabalho remoto, adotando os métodos tradicionais de gestão executados pelas empresas: horários de entrada e saída, intervalos pré-estabelecidos para almoço e descanso, duração da jornada de trabalho, entre outros. Assim, a gestão das pessoas em trabalho remoto, deve estar focada fundamentalmente nos resultados obtidos. É necessário estabelecer metas e objetivos, criar indicadores de desempenho mensuráveis e adaptar-se ao máximo a esta nova condição.

  4. Mantenha-se ligado
    Assegurar que todos os membros da equipa conhecem e sabem utilizar os veículos de comunicação empregues pela empresa. O trabalho em equipa, mesmo em teletrabalho, é essencial para o sucesso da empresa, por isso é importante que se mantenha um período de resposta aceitável, valorizando assim a intercomunicação.

  5. Ser transparente
    Utilize calendários partilhados, mensagens instantâneas, mensagens por e-mail, uma plataforma de colaboração e outros veículos de comunicação transparentes para informar os membros da sua equipa sobre o seu estado de trabalho.

  6. Gerir com base nos resultados
    É preciso não confundir a atividade dos trabalhadores com os resultados que essas atividades produzem. Estabeleça uma definição clara de objetivos e indicadores de desempenho e assegure um acompanhamento rigoroso desses indicadores, juntamente com a formação contínua dos trabalhadores em teletrabalho.

Agora que já conhece as nossas dicas para controlar a sua empresa no panorama atual do teletrabalho, mudaria algo na sua empresa ou já implementa estas sugestões?